Pular para o conteúdo

Você sabe o que é Repatriação Sanitária? Entenda essa cobertura

Na hora de escolher o melhor seguro para sua viagem, a quais itens você se atenta principalmente?

É o valor de cobertura para despesas médicas? Ou você perdeu uma mala na sua última viagem e agora que ir prevenido com um adicional de Extravio de Bagagem?

Há muito com o que se preocupar na hora de cotar o seguro, são diversas opções de coberturas e adicionais.

E existem muitos itens que podem não ser de total conhecimento das pessoas, como a Repatriação Sanitária.

É muito comum não saberem do que se trata, ou sabem mas não conhecem os termos e condições a cerca dele.

Vamos te mostrar como funciona esse item de extrema importância na lista de cobertura do seu seguro de viagem.

O que é Repatriação Sanitária? É obrigatório?

Repatriação Sanitária é a cobertura do transporte médico do segurado caso seja necessário retorno imediato para país de origem por conta de enfermidade ou acidente.

A equipe médica responsável pelo atendimento determina condições especiais para que o retorno seja adequado.

As condições especiais podem ser, por exemplo, uma poltrona maior no avião ou utilização de aparelhos específicos.

É isso que a Repatriação Sanitária fornecerá: toda estrutura necessária para um retorno seguro e confortável conforme recomendação médica.

Por conta do risco de acidentes e enfermidades durante a viagem, esse é um item OBRIGATÓRIO no seguro.

Todos os seguros cobrem Repatriação Sanitária pois é uma norma da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

Independente da obrigatoriedade, seu benefício é enorme, pois as despesas médicas no exterior são extremamente caras.

Uma dica: leia com atenção a apólice do seguro.

Pois essa cobertura é diferente do Translado Sanitário, que transporta o segurado até o hospital mais próximo.

Qual a cobertura indicada para Repatriação Sanitária?

Por lidar com atendimento e transporte médico, é muito importante se atentar a esse item na hora de cotar o seguro.

Quanto maior a cobertura, mais segurança para o cliente.

O Ministério das Relações Exteriores, Associação Brasileira de Cartões de Assistência (ABCA) e outros órgãos realizaram uma pesquisa sobre gastos com Repatriação Sanitária.

Os brasileiros gastam média 25 mil euros na Europa e 30 mil dólares nos EUA.

Então se você precisa economizar e quer tranquilidade ao mesmo tempo, indicamos pelo menos 30 mil euros de cobertura mínima.

Como acionar o seguro?

Para iniciar o processo de acionamento do seguro, basta entrar em contato com a seguradora.

No caso de Repatriação Sanitária, toda a documentação relacionada ao atendimento médico deverá ser enviada a empresa.

Após aprovação da necessidade de transporte imediato, a equipe médica do seguro irá analisar questões a cerca da estrutura que será disponibilizada.

Pode ser que o paciente precise de aparelhos especiais durante o retorno, que também serão providenciados pelo seguro.

Quanto custa o seguro com uma boa cobertura de Repatriação Sanitária?

O preço do seguro depende do valor da cobertura, destino e duração da sua viagem.

Ao fazer a cotação no nosso comparador, você conhece as seguradoras com os melhores planos de acordo com as informações sobre a viagem.

Existem planos que oferecem serviços especiais conforme o perfil do viajante, como para idosos, gestantes e praticantes de esportes radicais.

Você já sabe que só na Comparar você tem uma assistência antes, durante e depois da sua viagem!

E se tiver uma cotação em mãos, nós cobrimos qualquer oferta na hora!

Obter COTAÇÃO online: www.compararsegurodeviagem.com.br

Quem compara, leva mais e paga menos!

Até o próximo conteúdo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *