Pular para o conteúdo

7 destinos mais baratos do mundo: descubra quais são e o que fazer

Conhecer o mundo gastando pouco é um sonho, né? Separamos para você os destinos mais baratos para você viajar

Saudade de viajar, né, minha filha? Viajar já é bom e viajar gastando pouco e conhecendo muito é melhor ainda! Se você assim como nós também não vê a hora de pegar sua mala e sair desbravando esse mundão, esse texto é para você! Aqui nós selecionamos os 7 destinos mais baratos para você conhecer pelo mundo.

A cada destino encontramos uma nova história, uma nova cultura, aprendemos e nos aventuramos com pessoas por locais que sempre sonhamos em conhecer. São coleções de sentimentos que criamos e levamos conosco para toda vida. Você já sabe qual será sua próxima aventura? Vem descobrir com a gente!

1 – Peru

Foto de Machu Picchu
Imagem: Pixabay

Um dos destinos mais baratos para se conhecer fica aqui na América do Sul: o Peru. Apesar de muitas pessoas considerarem o país caro, é possível ter uma experiência completa e pagando pouco.

Uma viagem para o Peru é realmente completa e fantástica, pois o país tem paisagens como as montanhas, ruínas, praias, geleiras, vulcões e desertos. E, claro! Sem falar das lhamas! 

A moeda local é o Sol e é mais valorizada do que o nosso real, porém os gastos locais como: passeios, hospedagem e alimentação são bem mais baratos, tornando o destino um dos mais em conta para conhecer.

O que fazer no Peru? 

O seu ponto de partida, com certeza, será a cidade histórica de Lima. Na capital peruana você poderá fazer um tour pela história do país, conhecendo a Catedral de Lima, Palácio do Governo do Peru, Huaca Pucllana e a Praça Maior de Lima.

O clima em Lima é estável o ano todo e quase não chove. Você pode ficar em média 3 dias na cidade, sendo o suficiente para conhecer a capital. Caso queira fazer os passeios nos arredores, como: Huarez, a montanha de gelo com a lagoa azul; Linhas de Nazca, são desenhos enormes vistos de cima ou Huacachina, um verdadeiro oásis. Separe pelo menos 7 dias para se hospedar em Lima e poder fazer um tour completo.

Machu Picchu:

A terra perdida dos Incas é a principal atração peruana e uma das mais disputadas. Para visitar Machu Picchu, você precisará ir até Cusco, a cidade base para visitar as ruínas. 

Na língua quéchua, Machu Picchu significa montanha velha, ela está localizada a 1.400 metros acima do nível do mar, sendo considerada uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno e Patrimônio Mundial da Humanidade.

Machu Picchu também é conhecida por seus mistérios. A história conta que no local existe um portal mágico que te teletransporta para a cidade mineira de São Thomé das Letras, uma das mais místicas do Brasil.

Curiosidades à parte, a montanha abriga muitos locais históricos e que merecem uma visitinha, como: o Templo Principal, Portões da Cidade, Pedra Intihuatana, Rocha Sagrada, Templo do Sol e Templo das Três Janelas.

Para economizar, a recomendação é que você reserve o hotel e compre o ingresso de acesso a Machu Picchu com antecedência. Aliás, a visitação é restrita a apenas 2.500 pessoas por dia. Cuidado para não perder o passeio!

Vale Sagrado

Próximo a Custo está a região do Vale Sagrado, nos andes peruanos, a 3.700 metros de altitude. No Vale Sagrado você encontrará pequenos vales e rios, como o Urubamba, um dos mais conhecidos do local. Além disso, conhecerá monumentos arqueológicos e incríveis povoados indígenas.

O Vale Sagrado é uma região incrivelmente linda e rica de cultura e história peruana. Vale a pena a visita!

Montanha Arco-Íris

Foto da famosa Rainbow Mountain
Imagem: Pixabay

Também saindo de Custo você pode conhecer a famosa Rainbow Mountain. Nessa atração, você precisará de muita disposição e fôlego, mas fique tranquilo: todo esforço é recompensado com a incrível paisagem. Como o nome sugere, a montanha é um verdadeiro arco-íris, toda colorida e com uma vista incrível. Mas, porque ela possui essas cores? A explicação é que a montanha é resultado de um processo geológico de diversos extratos que se juntam em camadas de várias cores, criando o efeito arco-íris. 

A montanha está localizada a 5.000 metros acima do nível do mar. Para chegar lá, é necessário fazer uma trilha de aproximadamente 3 horas, e neste caso, é recomendado a contratação de um guia local para que não corra nenhum risco no percurso. 

2 – Colômbia 

Se você é do time dos viajantes que amam desfrutar a culinária local e os pontos turísticos, a Colômbia vai te encantar em todos os sentidos. Além, claro, da economia! O país é considerado um dos melhores países entre os mais baratos para se conhecer na América do Sul!

A Colômbia é um país rico culturalmente e famoso pelas cidades de arquitetura colonial espanhola como Cartagena, Medellín e Bogotá. Se você também é fã de praias, o país não deixa a desejar. Vem com a gente descobrir o que fazer na Colômbia!

Bogotá

A capital colombiana, provavelmente, será a sua primeira parada. Bogotá é perfeita para quem é apaixonado por metrópoles e suas diversas possibilidades de atividades, como: vida noturna agitada, muitas opções de hospedagens, restaurantes, museus e parques.

Comece seu passeio pela La Candelária – o bairro histórico de Bogotá. Lá você irá conhecer a Plaza Bolivar e o Museo del Oro. Próximo a essa região você pode ir até o topo do Cerro de Monserrate para ter uma visão completa da cidade do alto. São mais de 3.000 metros de altura e você levará em média uma hora caminhando. 

Cartagena

Cartagena é uma das principais cidades turísticas da Colômbia, e não é para menos! A cidade possui um incrível e importante centro histórico e está muito bem localizada para quem quer conhecer algumas das praias e ilhas caribenhas. Então, você já sabe: Cartagena é parada obrigatória!

Uma das principais atrações da cidade é a muralha de 11 quilômetros de extensão que cerca a cidade, dando o apelido de “Ciudad Amurallada”. Caminhe por várias quadras no meio de uma belíssima arquitetura colonial, casas coloridas e catedrais. Além da muralha, você também deve fazer uma visita ao Castillo de San Felipe de Barajas e o Cerro de la Popa. 

Ao final do dia, você tem uma atração obrigatória! Tome um drink apreciando o pôr do sol no Café del Mar. Com certeza, você não irá se arrepender desse ritual em Cartagena. 

Na cidade de Cartagena, um dos destinos colombianos mais disputados, uma diária de hostel custa em média US $7 e hotel para duas pessoas gira em torno de US $21. 

San Andrés

Foto da praia de San Andrés
Imagem: Pixabay

Ah, uma viagem para a Colômbia sem conhecer as incríveis praias e ilhas caribenhas não é uma viagem completa. San Andrés é a ilha mais conhecida da Colômbia e não é para menos: que lugar sensacional! 

Estar em uma ilha do Caribe já é incrível, né? Mas faça um passeio de carrinho de golf ao redor da ilha para conhecer todos os detalhes desse paraíso. Você irá ficar encantado pela quantidade de tons de azul que existem no mar do Caribe.

Ao norte da ilha está um dos principais pontos turísticos, o Johnny Cay. Separe um dia para conhecer. E claro, faça um mergulho no Cayo Bolívar. Dica do dia é: não deixe o mergulho para o último dia para não sofrer com a pressão do mergulho e altitude do voo de volta.

3 – México

Como assim o México é um dos destinos mais baratos? O México é muito mais do que só Cancún, Tulum e resorts caros. Você irá se encantar pelas cidades com atrações clássicas e cheias de história mexicana, e claro, baratas.

Sua viagem pode começar pela a capital do país. A Cidade do México conta com diversos museus, uma incrível culinária mexicana e as belíssimas ruínas maias e astecas.

Riviera Nayarit

Na costa oeste do México fica a Riviera Nayarit, um destino ainda pouco explorado, mas surpreendente com suas praias e paisagens naturais. Você irá se encantar pela união do verde da Sierra Madre e o azul do Oceano Pacífico.

Os resorts de luxo dividem o espaço com as pequenas vilas de pescadores, proporcionando uma verdadeira experiência no bom estilo mexicano. Se prepare para pequenas aventuras, passeios pelos povoados à beira mar, praias desertas, mergulhos com animais e trilhas pela natureza. 

Eu ouvi caminhar pela orla? Então, se prepare! Riviera Nayarit tem “só” 300 quilômetros de praias.

Yucatán

No Sudeste do México, está a península de Yucatán, berço da civilização Maia e um dos lugares mais importantes para a população mexicana. O tour será histórico e encantador. Lá você irá visitar as famosas ruinas Chichen Itzá, localizada bem no meio de uma incrível floresta. 

Yucatán fica próximo a Mérida, uma cidadezinha singela e de forte cultura! Aproveite a viagem para passear pela cidade e mergulhar no estilo mexicano.

Foto da península de Yucatán, berço da civilização Maia
Imagem: Pixabay

Deserto de Sonora

O Deserto de Sonora é um dos mais conhecidos do mundo e está localizado na divisa do México com os Estados Unidos. A sua atração principal, além da sua indescritível beleza, são os passeios de balão para observar a região do alto. 

Além disso, tem o Monument Valley com suas gigantescas rochas bem no meio do deserto. Parece incrível, né? Você encararia um voo de balão sob o deserto?

4 – Marrocos

Falando em deserto, já pensou em viajar para o deserto do Saara? Marrocos é um dos incríveis destinos que você pode conhecer na região! Localizado no norte da África, o país tem uma cultura muito forte e interessante.

Prepare-se para descobrir uma arquitetura repleta de formas geométricas e cores extravagantes, jardins luxuosos e muita cultura muçulmana. Serão muitas surpresas e encantos pelos caminhos de Marrocos. 

Casablanca

Casablanca é a capital da economia marroquina. A sua principal atração é a mesquita Hassan II, a maior do país e a única em que os muçulmanos não podem entrar. A sua estrutura é imponente e tem capacidade para que mais de 20 mil homens e 5 mil mulheres rezem ao mesmo tempo. Faça um tour guiado pela mesquita e conheça toda sua história e cultura. 

Casablanca, como um todo, possui um design moderno mesclado com a cultura muçulmana e árabe, carregando ainda detalhes da era colonial. Vale a pena dar uma paradinha na cidade. Em apenas um dia você consegue conhecer os principais pontos turísticos locais.

Meknès

Foto da feira em Meknés em Marrocos
Imagem: Pixabay

Você gosta de artes e palácios? Meknès é a sua parada ideal no Marrocos! A cidade é um verdadeiro museu a céu aberto com construções dignas de serem reconhecidas como Patrimônio da Humanidade da Unesco. Além disso, a cidade é rodeada por uma muralha de 40 quilômetros de ameias e torres.

Uma das principais atrações locais é o Palácio de Dar El Kebira, construído no século XVII, pelo sultão Moulay Ismail.

Deserto do Saara

Ir até o Marrocos e não fazer um passeio pelo Deserto do Saara é uma viagem quase perdida. Separe um dia para andar pelas dunas de areias do deserto mais famoso do mundo. Para ter uma experiência completa, passe uma noite nas tendas marroquinas turísticas em meio às enormes dunas e aprecie o pôr do sol único e indescritível. 

Se jogue na culinária local e ouça as tradicionais músicas dos nômades do deserto. Ah! E na hora de dormir, dê uma olhadinha para o céu estrelado!

5 – Argentina

Ah… Argentina! Nossa vizinha tão próxima merece uma visita especial e caprichada! Nosso principal rival no futebol, é famoso pelo churrasco de primeira e com precinho que cabe no nosso bolso. 

Buenos Aires

Nada melhor do que começar a viagem pela reconhecida capital argentina: Buenos Aires. A cidade é repleta de pontos turísticos e conta uma vida noturna agitada, então, pode ficar tranquilo, que tem de sobra o que fazer em Buenos Aires. 

A Casa Rosada é sede do governo argentino e um dos símbolos do país. Então, já anota essa parada obrigatória pelo menos para uma foto na sua fachada. Se preferir, também pode fazer uma visita guiada pela Casa.

Quando se fala em Buenos Aires, a primeira imagem que vem à nossa cabeça, provavelmente é aquela enorme flor de metal, né? A Floralis Genérica é, com certeza, um dos pontos mais visitados da cidade. A flor abre suas pétalas durante o dia e as fecha durante a noite. Ela está localizada na Plaza de las Naciones Unidas e foi criada pelo arquiteto Eduardo Catalano. 

São tantos pontos interessantes para se conhecer, que Buenos Aires merece um texto exclusivo. Então, anota aí mais algumas dicas! Faça um passeio por Caminito: suas janelas e paredes coloridas formam um cenário incrível e perfeito para um book fotográfico. Ah! O local é massa para compras de lembrancinhas e alfajores.

Já pensou em visitar um cemitério? Em Buenos Aires é um dos pontos turísticos mais visitados. Curioso, né? O Cemitério da Recoleta abriga diversas celebridades argentinas como Evita Perón, mas além disso o local chama atenção por sua arquitetura e incrível decoração, alguns dos túmulos são considerados monumentos históricos nacionais.

Bariloche

Foto de ponto turístico em Bariloche
Imagem: Pixabay

Se você gosta de viajar no inverno, Bariloche é parada obrigatória na Argentina. O local conta muito atrativos durante todo o ano, mas é no inverno que ele se destaca ainda mais. 

Bariloche é o lugar ideal para conhecer a neve e se aventurar pelas montanhas de gelo, passeios de teleférico e esportes radicais, como esqui. Aproveite também o Circuito Chico, um tour de 60 quilômetros do centro da cidade até o famoso e histórico hotel LIao Liao. 

Ushuaia 

As aventuras pela Argentina não ficam apenas nas montanhas geladas de Bariloche. Você conhece o Ushuaia? Considerado o “fim do mundo”, a cidade conta com diversos tipos de passeios a céu aberto em quadriciclos. As montanhas de esqui também são famosas e tem para todos os tipos de praticantes, do iniciante ao profissional.

6 – Bolívia

Um país bem pertinho da gente, porém pouco explorado é a Bolívia. O destino reúne tudo que há de bom! Florestas, montanhas, estradas incríveis para pedalada, cidades históricas e um belíssimo deserto de sal. Isso mesmo! Deserto de Sal!

Na Bolívia o transporte, alimentação e hospedagem são bem em conta. Você encontrará hostel por US $7 e hotel por US $20.

La Paz

La Paz é a capital mais alta do mundo, localizada no Altiplano dos Andes a mais de 3.500 metros acima do nível do mar. A cidade é enorme, onde o moderno e as tradições indígenas se misturam em cada esquina. Se você quer realmente conhecer a Bolívia, La Paz é onde você realmente entenderá como funciona o país latino.

Apesar de ser uma metrópole, as atrações de La Paz estão reunidas em apenas uma parte da cidade. No centro, você poderá conhecer a Praça Murillo e visitar locais como o Congresso, Palácio Quemado e a principal Catedral da cidade. 

Depois você pode visitar os vários mirantes de La Paz para ter uma visão diferente da cidade. E claro, faça um passeio pelo Mercado das Bruxas e se jogue nas compras. Além disso, você pode utilizar a capital boliviana como cidade base para conhecer os pontos turísticos nos arredores, como as montanhas nevadas, ruínas pré-incaicas, lagos e florestas de Yungas.

Cochabamba 

Uma das cidades mais bonitas da Bolívia e mais carismática conta com diversos parques, canteiros floridos e um Cristo. Para conhecê-lo, você pegará um teleférico até a gigante estátua de Cristo de la Concordia. A vista lá de cima é de brilhar os olhos! 

No centro da cidade está a Plaza 14 de Septiembre e a Catedral de San Sebastián, no estilo colonial e rodeada de pequenas igrejas com fachadas em pedra esculpida. A vida noturna na cidade também não fica pra trás. A noite é agitada por baladinhas e restaurantes, inclusive nas baixas temporadas, pois Cochabamba atrai muitos universitários do Brasil e de outros países da América do Sul.

Salar de Uyuni

Foto de Salar de Uyuni é o maior deserto de sal do mundo
Imagem: Pixabay

O Salar de Uyuni é o maior deserto de sal do mundo e um dos lugares mais fantásticos para se conhecer. Ao todo são 10 mil quilômetros quadrados de sal com até 120 metros de profundidade. Nessa viagem, sal é o que não vai faltar rsrs.

Não precisamos falar mais nada, né? Se jogue nessa aventura!

7 – Tailândia

A Tailândia é um país barato mesmo sendo um destino em alta? Sim! A Tailândia continua sendo um país barato para viajar.

Se você quer mergulhar na cultura budista, santuários e na cultura asiática, se liga no que fazer nesse paraíso chamado Tailândia. Mas é mesmo barato? Sim!!! Você pode jantar nas barraquinhas por US $1 e dormir em um hostel por US $6.

Bangkok 

A capital da Tailândia é conhecida pelos santuários ornamentados e pela agitada vida noturna. Então, você já sabe que será uma viagem daquelas. Visite os bares nos topos de prédios como: Moon Bar e o Sky Bar e aproveite a noite em Chinatown para aproveitar a deliciosa e barata culinária da cidade.

Faça um passeio de ferry pelo rio e visite os templos Wat Pho e Wat Arun, os mais conhecidos de Bangkok. Já foi a um mercado flutuante? Na cidade tem vários, como o Danmoen Sudak e o Kwan-Riam. E tem para todos os gostos: grandes, pequenos, agitados ou mais calmos. É só escolher!

Chiang Mai

Chiang Mai é a cidade dos templos mais antigos. Se o seu objetivo é conhecer o máximo de templos possíveis, essa parada é obrigatória para você. A cidade é linda, tranquila e repleta de atrações.

O templo dos dragões está na parte antiga da cidade, onde é rodeada por muros. É impossível não se encantar pela clássica arquitetura tailandesa e o  único estilo de telhados em várias camadas íngremes.

Em Chiang Mai também está o famoso White Temple, um templo budista contemporâneo totalmente branco. Sim, ele é muito branco! Do chão ao teto. Além disso, uma outra curiosidade desse ponto turístico é que o artista misturou a arquitetura tailandesa tradicional com cenas contemporâneas da cultura pop nerd, como: Star Wars, Super Homem e Transformers. Interessante, né?

Phuket 

Por último e não menos importante: Puket! Um dos destinos mais disputados da Tailândia. O mar tailandês é famoso pelas águas claras e calmas, perfeito para quem busca sombra e água fresca. 

Mas se você é do time dos surfistas, Phuket não irá te decepcionar, pois também é possível encontrar águas mais agitadas e com ondas. A ilha tem 576 quilômetros de extensão e mais de 30 praias para todos os gostos e bolsos.

Para aproveitar a vida noturna tailandesa vá até a praia mais famosa da ilha: a Patong. Tudo começa com um inesquecível pôr-do-sol e termina apenas no amanhecer. Lá você encontrará bares e clubes temáticos para se divertir no verdadeiro estilo tailandês. 

Ah, e se você quiser fazer um bate e volta em outras ilhas famosas como Phi Phi e Maya Bay, é possível! Basta procurar por uma agência de passeios local.

Contrate um seguro viagem

Viu como é fácil viajar muito e gastar pouco? E se você quer economizar ainda mais e não ficar à mercê de imprevistos durante a viagem, não esqueça de contratar o seu seguro viagem. 

Além de obrigatório para entrada em diversos países, você estará muito mais tranquilo e livre de gastos extras em casos de imprevistos com sua saúde, mala, passagens e afins. 

Faça a sua cotação agora mesmo com a Comparar Seguro de Viagem e garanta o melhor seguro pelo menor preço! É só clicar aqui e informar o seu destino e datas de ida e volta.

Viaje tranquilo! Escolha a Comparar Seguro de Viagem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *